Preencha os campos abaixo para submeter seu pedido de música:

Tocando agora: Carregando...

No comando: Sertanejo do Titico

Das 07:00 as 09:00

No comando: Sabadão Sertanejo

Das 09:00 as 12:00

Eu amo Itupeva
No comando: Eu Amo Itupeva

Das 09:00 as 12:00

No comando: Programa Gentalha

Das 12:00 as 13:30

No comando: Mistura Nordestina

Das 12:00 as 14:00

No comando: A Tarde é Nossa

Das 14:00 as 17:00

No comando: Máquina do tempo

Das 15:00 as 18:00

No comando: Tarde Sertaneja

Das 17:00 as 19:00

Vacinação contra gripe H1N1 começa dia 30 de Abril

Compartilhe:
H1N1

Dia 30 de Abril é dia D da vacinação em todo Brasil.A vacinação é direcionada apenas aos grupos prioritários: crianças entre seis meses e cinco anos, pessoas a partir de 60 anos, gestantes e puérperas (mulheres que tiveram filhos nos últimos 45 dias), indígenas, funcionários do sistema prisional, pessoas com doenças crônicas e os profissionais de saúde pública. Pessoas com doenças crônicas podem se vacinar mediante apresentação de prescrição médica.Por conta doaumento dos casos de H1N1, a Secretaria Estadual de Saúde antecipou a campanha em 39 cidades da Grande São Paulo e na capital que estão com surto da doença. Para as demais cidades, o calendário segue o mesmo, com início no dia 30 de abril.

O secretário municipal de Saúde, Dr. Marco Ferrari, ressalta a importância da vacinação para as pessoas que fazem parte dos grupos prioritários e explica que a Secretaria Estadual antecipou a vacinação apenas em municípios que tiveram surto e Itupeva não teve nenhum caso em 2015 e 2016.

A Campanha Nacional de Vacinação contra Influenza tem como objetivo reduzir as complicações e as internações decorrentes das infecções pelo vírus na população alvo da campanha, como gestantes, idosos e pessoas com morbidades, as quais têm mais risco de adoecer. O Ministério da Saúde reforça que, além da vacinação, a população deve adotar medidas de prevenção para evitar a infecção por gripe. Medidas de higiene, como lavar sempre as mãos e evitar locais com aglomeração de pessoas que facilitam a transmissão de doenças respiratórias, cobrir a boca com o braço ao tossir ou espirrar, utilizar álcool gel nas mãos e, caso julgue necessário, utilizar máscara de proteção.

No ano passado, a Campanha imunizou 84,3% do público-alvo, ultrapassando a meta de vacinar 80%, formado por 49,7 milhões de pessoas consideradas com mais riscos de desenvolver complicações causadas pela doença.

De acordo com o ministério da Saúde, o medicamento é contraindicado apenas a pessoas com histórico de reação anafilática em doses anteriores e a quem tem algum tipo de alergia grave à proteína do ovo.

H1N1

Deixe seu comentário: